Paulo Moreira Escritor

Como encontrar a essência de sua história?

Um texto para escritores jardineiros (mas pode servir pra todos, vai saber)

Escritores jardineiros, que descobrem o que vai acontecer em suas hist√≥rias escrevendo e n√£o planejando, j√° se sentiram frustrados ao acabar uma hist√≥ria e ach√°-la sem sentido, sem muita ‚Äúconex√£o‚ÄĚ?

Sabe quando o protagonista bonzinho que tinha tudo pra s√≥ ter um relacionamento amoroso com a mocinha de repente ficou solteiro pra sempre, virou um serial killer colecionador de borboletas e foi chamado pra matar espi√Ķes russos infiltrados no governo americano, e agora na reescrita voc√™ n√£o sabe como ordenar essa hist√≥ria ca√≥tica de romance/serial killer/espionagem? Eu tenho a solu√ß√£o! Mentira, √© s√≥ uma dica, que n√£o deve funcionar para todos, mas deve ajudar, isso eu garanto (palavra de escoteiro que n√£o sou. Confia!).

Voc√™ j√° deve ter se esbarrado na t√©cnica Floco de Neve (Snowflake) para escrever. Tem textos maravilhosos na internet sobre ela que voc√™ deveria dar uma olhada, ent√£o eu n√£o vou repetir todos os detalhes. O que voc√™ precisa saber para entender melhor este meu humilde post √© que a t√©cnica consiste em come√ßar do menos (um conceito, uma frase) e expandir para o mais (par√°grafos, cap√≠tulos, livros etc). √Č uma t√©cnica muito √ļtil para desenvolver roteiros, conectar cenas e te fazer come√ßar e continuar a hist√≥ria que n√£o vai se escrever sozinha, infelizmente...

Mas, e se voc√™ j√° tem toda a hist√≥ria escrita, confusa mas finalizada, ainda √© poss√≠vel usar o Snowflake para algo? Sim, para encontrar a tem√°tica principal de sua hist√≥ria, para encontrar sua ess√™ncia, o tempero secreto do chef. Saber disso √© muito √ļtil pra propaganda, n√£o se esque√ßa. E como fazer? Ativando o modo reverso do Snowflake, pelo menos no conceito de ‚Äúmenos para mais‚ÄĚ do Snowflake, que se transforma em ‚Äúmais para menos‚ÄĚ.

Isso significa que se voc√™ tem um conto de 5000 palavras, experimente reescrev√™-lo com 2500 palavras. Pode at√© n√£o reescrever do zero, mas cortar adv√©rbios, adjetivos, cenas in√ļteis que n√£o movimentam os personagens na hist√≥ria at√© chegar √†s 2500 (lembre-se que se voc√™ terminou a hist√≥ria, voc√™ sabe onde eles v√£o parar, mesmo que seja se tornar um serial killer, voc√™ sabe disso). Por favor, salve o original e as novas vers√Ķes.

Conseguiu encontrar a ess√™ncia? Ainda n√£o? Reescreva o conto agora com 1250 palavras. N√£o precisa nem ser metade e metade sempre, o que importa √© estar diminuindo o texto, eliminando o in√ļtil. Um romance com 20 cap√≠tulos pode ser reescrito com 10 cap√≠tulos, depois em um conto, um par√°grafo... Exemplo: Os dez par√°grafos deste texto podem ser resumidos em: Resuma seu livro em uma frase (voc√™ consegue se seu livro n√£o for um caos).

Uma hora voc√™ vai acabar encontrando o que realmente importa, a sua ess√™ncia. Pode n√£o ser algo t√£o espec√≠fico (‚Äúminha hist√≥ria mostra como uma desilus√£o amorosa nos faz cometer atrocidades‚ÄĚ), mas um percep√ß√£o de como alinhar toda essa hist√≥ria confusa e n√£o criar finais horr√≠veis. Lembrando que ao encontrar a ess√™ncia da hist√≥ria, voc√™ pode encontrar um final mais adequado a ela.

E a√≠ voc√™ reescreve tudo com esse alinhamento em mente (que n√£o surgiu no in√≠cio pois voc√™ √© jardineiro). √Č, reescreve. √Č duro, mas √© assim mesmo. Tudo fica mais f√°cil se voc√™ salvou as vers√Ķes, pois conseguir√° reciclar algumas cenas e at√© talvez reutiliz√°-las em outras hist√≥rias. N√£o saia tacando fogo em tudo que achar ruim, ok.

Imagem que ilustra esse conceito de Floco de Neve Reverso: Foto de uma mão catando feijão pra fazer um almoço bão.

foto

#escrita

- 1 toast