Paulo Moreira Escritor

Curadoria de Links Semana 3

Links semanais que eu e a comunidade achamos interessantes compartilhar. Os três pilares da curadoria são Escrita, História e Comportamento, mas links sobre Meio Ambiente, Redes Sociais e Discussões Filosóficas também são bem-vindos. Use este formulário para mandar sugestões.

Para receber os links fresquinhos quase que diariamente, faça parte do Canal do Telegram Escritos Fantásticos.

Vídeo: O poder do soft worldbuilding: Criando cenários que despertam emoções

Exemplos analisados: Lovecraft, Hollow Knight, Nier Automata e Dark Souls.

Em inglês.

Método de Dwight Swain para cenas bem estruturadas

Resumo

Elabore uma Scene (Cena) que deve ser seguida por uma Sequel (Continuação).

A Scene deve conter:

  1. Um objetivo: o que a personagem deseja. Deve gerar identificação do leitor, ter uma motivação externa.

  2. Um conflito: obstáculos que impedem a personagem de alcançar o objetivo.

  3. Um desastre: quando a personagem não consegue alcançar o objetivo.

Enquanto a Sequel deve conter:

  1. Uma reação: resposta emocional ao desastre. Deve ser subjetiva, interna e mais complexa que o objetivo.

  2. Um dilema: apresenta-se uma solução desagradável.

  3. Uma decisão: a personagem retorna à sua pró-atividade e toma a decisão.

Como criar um ritmo narrativo forte para sua história

por Kristen Kieffer

Em inglês.

Resumo

Escreva iniciando com um acontecimento físico que terá resultados físicos e subjetivos. No fim, algo será aprendido ou concluído.

Ou seja:

Ponto 1: Acontecimento físico (uma batalha)

Ponto 2: Consequência física do ponto 1 (um ferimento)

Ponto 3: Consequência subjetiva do ponto 1 (o guerreiro se acha inútil)

Ponto 4: Conclusão ou aprendizado (o guerreiro decide aprender a lutar melhor)

Escrita e produtividade: Que caminhos seguir quando todos parecem valorizar a produtividade acima da qualidade escrita?

por Valter Nascimento em Contraforma

O escritor da era da informação precisa da resposta imediata do leitor, precisa de aprovação. Precisa enviar uma nova newsletter a cada semana, um novo texto, iniciar um novo projeto.

O resultado é que há muita gente produtiva e pouca gente criativa. Isso ocorre porque talento sem foco é bobagem. Escritores maduros sabem o quão penoso é o processo de escrita, o quanto escrever depende de silêncio, concentração, pesquisa e tempo. Escrever para manter uma meta produtiva só produz textos ocos pra preencher a cabeça oca de gente oca.

Abra a caixa de ferramentas: Os macetes do editor de texto do Medium

por Yann Rodrigues

Fiquei surpreso. Muitos dos atalhos eu ainda não conhecia, e olha que uso o Medium há bastante tempo...

Os hábitos mal vistos que estimulam a criatividade

por Loizos Heracleous e David Robson em BBC

O matemático francês Henri Poincaré (1854-1912) relatou como fez descobertas durante viagens de ônibus ou caminhadas à beira-mar, enquanto a escritora inglesa Agatha Christie (1890-1976) teve muitas ideias para suas histórias de crime enquanto lavava a mão ou tomava banho.

"Não acho que a necessidade seja a mãe da invenção", escreveu ela em sua autobiografia. "A invenção, na minha opinião, surge diretamente do ócio, possivelmente também da preguiça."

Antigo Manuscrito de 800 anos encontrado na Biblioteca Britânica trazem novidades sobre as histórias de Merlin e o rei Arthur

por Kaleena Fraga

Recentemente, acadêmicos traduziram velhos textos de 800 anos, apelhidados de "Bristol Merlin". Eles mostram variações da narrativa moderna da lenda do Rei Arthur, incluindo detalhes sobre a guerra do Rei Arthur contra o Rei Claudas e o romance de Merlin com a "Senhora do Lago".

Em inglês.

#links

- 1 toast